Professores da rede municipal fazem protesto por piso salarial e contra fechamento de escolas em Campos

Um grupo de professores, liderado pelo Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe), fez protesto na manhã desta segunda-feira (7), em frente ao prédio da Prefeitura de Campos dos Goytacazes. Eles levaram faixas e cartazes na manifestação. Protestaram contra o fechamento de algumas escolas e creches municipais, e voltaram a cobrar do governo municipal o cumprimento de reajuste salarial de 50% para que o piso nacional seja pago à categoria.

A coordenadora geral do Sepe-Campos, Odisséia Carvalho, falou que o fechamento de alguma unidades escolares não pode acontecer sem aprovação da comunidade.

“Há uma semana, fomos informados que a Prefeitura de Campos fecharia sete unidades, entre escolas e creches. O Sepe esteve reunido com o secretário Marcelo Feres logo após a notícia. Conseguimos reverter a situação de três unidades: em Fazendinha, Bela Vista e Três Vendas. As outras quatro unidades dependem de reforma e a comunidade precisa decidir o que será feito delas”, comenta Odisséia.

O prefeito Wladimir Garotinho vai anunciar em breve o reajuste dos professores: Prefeito Wladimir Garotinho vai anunciar reajuste para os profissionais da Educação

Com JTV*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.