Polícia Civil do RJ prende 4 em operação contra quadrilha de agiotas; bando cobrava até por ‘dívidas inventadas’

A Polícia Civil do RJ prendeu esta semana quatro suspeitos de integrar uma das maiores quadrilhas de agiotas do estado. Segundo as investigações, o bando cobrava por dívidas já quitadas ou mesmo “inventadas”.

Um dos suspeitos estava foragido havia três anos. Fabrício Araújo Ferreira, o Queiroz, de 44 anos, foi preso por agentes da 76ª DP (Niterói) no Jardim Gramacho, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Contra Queiroz havia um mandado de prisão preventiva pelos crimes de organização criminosa e extorsão, expedido pela 33ª Vara Criminal. Desde o início da investigação, 10 pessoas foram presas.

A polícia afirma que a quadrilha da qual Queiroz faz parte chegou a ter 70 escritórios espalhados por todo o estado.

Segundo as investigações, o bando não só concedia empréstimos a juros abusivos, como também fazia vítimas cobrando dívidas antigas e já sido quitadas e exigiam o pagamento de débitos que nunca existiram.

Os agiotas conseguiam dados das vítimas em sites de consulta e telefonavam para parentes e vizinhos dos alvos a fim de ameaçá-los.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: