Pedrinho dobrou o patrimônio no período em que foi prefeito, e perdeu R$1,2 milhão após derrota em 2016, diz dados do TSE

O candidato a prefeito de São Francisco de Itabapoana, Pedrinho Cherene, não anda tendo uma vida financeira saudável, pelo menos é o que aponta sua declaração de bens junto à Justiça eleitoral.

De acordo com os dados obtidos no Portal do TSE Pedrinho declarou, em 2012, na eleição em que saiu vitorioso nas urnas, R$1.367.282,50 em bens.

Após o período de quatro anos, entre 2012 e 2016, período em que foi prefeito, Pedrinho declarou R$2.124.911,71 em bens.

Após a grandiosa evolução patrimonial, Pedrinho foi abatido pela crise financeira.

De acordo com os dados de sua declaração no TSE, entre 2016 e 2020, após o mandato de prefeito, Pedrinho declarou R$900.000,00 em bens, uma perda de cerca de R$ 1,2 milhão em quatro anos.

O Portal Tribuna NF abre espaço para Pedrinho se posicionar.

Confira os dados nos links:

Eleição 2012: Declaração de bens 2012

Eleição 2016: Declaração de bens 2016

Eleição 2020: Declaração de bens 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: