Norte e Noroeste Fluminense ganham painel de monitoramento da Covid-19

As regiões Norte e Noroeste Fluminense ganharam, nesta quarta-feira (3), uma plataforma online e gratuita que reúne dados sobre a Covid-19 divulgados pelas secretarias de Saúde dos 22 municípios que englobam as duas regiões. No painel, é possível visualizar informações sobre número de casos confirmados, mortes, pacientes recuperados, taxa de proporção e mortalidade nas regiões, entre outros.

Todos os números são reunidos em mapas e gráficos interativos e intuitivos para facilitar a compreensão e interpretação do público pelo computador ou pelo celular.

Na ferramenta, também existe um gráfico em curva dos números de casos de Covid-19 reportados dia após dia em Campos, Macaé e São Fidélis, que são os três municípios com maior incidência da doença na região.

Feito por jornalistas, o Painel Covid-19 | Norte e Noroeste Fluminense foi criado com objetivo de levar os dados mais precisos e atualizados ao maior número possível de pessoas, contribuindo para que a população local fique ainda mais bem informada.

“Todas as informações utilizadas no painel são publicadas nos meios oficiais de comunicação de todos os municípios do Norte e do Noroeste Fluminense. Estas fontes foram escolhidas para serem base da plataforma porque são as mesmas informações que farão parte das estatísticas oficiais do Governo do Estado e do Ministério da Saúde posteriormente”, afirma a organização.

De acordo com os criadores, o painel é uma iniciativa espontânea e não possui ligação com nenhum governo, partido político ou veículo de comunicação, mas as prefeituras e/ou sites de notícias que queiram agregar o conteúdo da plataforma, podem entrar em contato para solicitar o código de incorporação dos mapas e gráficos gratuitamente.

Além do site oficial, informativos sobre o novo coronavírus nas cidades do Norte e Noroeste Fluminense também são divulgados durante o dia nas redes sociais da plataforma.

O site também está aberto para novos colaboradores que também queiram ajudar na ampliação do projeto. Para isso, é preciso entrar em contato pelo e-mail [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *