Guarda Civil Municipal de Campos celebra 24 anos com homenagens especiais

A cerimônia em comemoração ao 24º aniversário da Guarda Civil Municipal de Campos (GCM) foi realizada nesta sexta-feira (22), na sede da Corporação, na Avenida José Alves de Azevedo, no Centro. Atualmente a Guarda conta com um efetivo de 687 servidores que atuam em todo o município. Uma vasta programação marcou a data, com hasteamento de bandeira, apresentação da banda da GCM, coral e homenagem aos servidores aposentados e aos que se destacaram durante ações esse ano.

O evento contou com a presença do Prefeito Wladimir Garotinho, que falou sobre a importância da GCM. “É um prazer fazer parte desse momento. Sou de uma família tradicional campista, foi meu pai que regulamentou a GCM de Campos e foi minha mãe que fez um servidor de carreira ser o primeiro comandante. Encontrei a instituição com diversos problemas e tinham três principais desafios, um deles a pandemia, que resultou na perda de nove agentes para a Covid-19. Por isso, tomamos a iniciativa de vacinar, logo no início, todos os agentes de segurança pública. O segundo desafio foi recuperar a economia da cidade. Encontrei servidores com salários e 13º atrasados, consegui ajustar todos esses pagamentos e esse ano são 15 folhas salariais, além do 50% do 13º salário já pago. Estamos conseguindo recuperar a cidade e a economia. O meu único pedido a vocês é que cuidem da população e mantenham a unidade para avançar”, disse o prefeito.

O comandante da GCM, Wellington Levino, falou sobre a missão de comandar a GCM. “Agradeço ao Prefeito Wladimir Garotinho pela oportunidade que me concedeu no dia 13 de maio, quando me deu a missão de comandar a Guarda Civil Municipal. Temos como objetivo fazer o melhor para todos, desde os servidores, a sociedade e visitantes. Há 14 anos foi realizado o primeiro concurso para GCM, pelo prefeito há época, Anthony Garotinho, e estamos aqui fazendo o melhor para todos. A nossa GCM tem, em média, servidores com 54 anos de idade e, com isso, vem a experiência e admiro todos os senhores”, declarou.

O secretário de Segurança Pública, Cabo Alonsimar, relembrou que Campos foi a primeira cidade do Estado do Rio a vacinar os agentes. “A cidade de Campos foi a primeira do Estado a vacinar os servidores da GCM e todos os agentes da segurança pública. Perdemos nove combatentes para o vírus e o Prefeito Wladimir Garotinho foi sensível à vacinação, bem antes de todos os outros municípios. Agradeço pela oportunidade e estou feliz por todos os feitos ao longo desses 10 meses”, declarou.

NOVIDADE

Na oportunidade foi inaugurado o novo espaço da Sala de Operações, totalmente equipada por sistema de rádio de comunicação, que recebeu o nome do servidor David Pereira da Silva, servidor com 20 anos de corporação, que morreu de câncer. A ação respeitou todos os protocolos e recomendações de segurança e prevenção da Covid-19.

HOMENAGEADOS

Os servidores Altair Siqueira Reis, Carlos Eduardo de Souza Rangel, Charles Robert e Kelly Cristina Torri Mariano, receberam certificado de boas atuações este ano. O certificado de honra ao mérito por ter salvado a vida de um cidadão que tentava suicídio na Ponte Leonel Brizola, coube aos servidores Leonel Cordeiro, Rafael Rocha, Melsequede Escodino. A família do agente David Pereira da Silva também foi homenageada.

Além da Coordenadoria de Trânsito, a Guarda Civil Municipal de Campos possui o Grupamento Ronda Escolar (GRE); Grupamento de Operações Especiais (GOE); Grupamento de Operações com Cães (GOC); Grupamento Ambiental (GAM); Grupamento de Proteção Social (GPS); e destacamentos nas Regiões Sul, Norte e Baixada Campista.

Compuseram à mesa oficial, os secretários de Segurança Pública, cabo Alonsimar; o subcomandante do 8°Batalhão de Polícia Militar, Alonso; os ex-comandantes da GCM, Francisco de Oliveira Balbi, Wander Lugon, Marco Soares de Souza, William Carvalho Pacheco Bolckau e Fabiano de Araújo Mariano; o secretário de Serviços Públicos, Frederico Rangel. Também os vereadores, pastor Marcos Elias; Diego Dias; Leon Gomes; Silvinho Martins; Kassiano Tavares; e Marcione da Farmácia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *