Campos tem nota A na capacidade de pagamentos pelo Tesouro Nacional

Com credibilidade fiscal, contas dia, avanço na geração de emprego, além de investimentos, assim é visto o município de Campos pela Secretaria do Tesouro Nacional. A cidade é uma das poucas do estado e da região a receber nota A nos indicadores avaliados na Capacidade de Pagamento (Capag). Com a classificação, a gestão de Wladimir Garotinho é considerada de bom desenvolvimento econômico e social.

O secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Resende, destaca o empenho e o trabalho realizado para tornar a cidade mais atrativa para a captação de verbas federais. “Estamos trabalhando com muito empenho para levar cada vez mais nossa Campos a um novo patamar de desenvolvimento. Nosso foco é manter nossas contas em dia. Temos conseguido pagar os servidores, fornecedores e prestadores de serviço. O objetivo é oferecer mais qualidade de vida para toda nossa população”, destaca.

“Utilizando os dados disponibilizados pelo Tesouro Nacional e observando os resultados relacionados a municípios vizinhos de Campos e os com tamanho populacional similar, verifica-se que a cidade está honrando seus compromissos. Por exemplo, em termos de tamanho similar, Campos coincide com Niterói, ambos com avaliação mais alta no índice Capacidade de Pagamento (CAPAG), nota A. Petrópolis, por outro lado, tem nota C. No que diz respeito aos nossos vizinhos: Itaperuna, São Francisco de Itabapoana, São Fidelis e Macaé (como por exemplo) os índices são: B, C, C, C”, afirmou Rezende.

Ainda de acordo com o secretário, Campos além de ter o índice A no CAPAG, segue investindo no bem-estar social e qualidade de vida do cidadão como sua principal forma de política pública. “Na atual gestão, tivemos a manutenção de vias na área central da cidade, ampliação da malha cicloviária e o aumento da segurança dos ciclistas, a reestruturação de vários cemitérios públicos, reabertura de UBSs, reforma de escolas e do Hospital Geral de Guarus (HGG) e as mudanças que estão ocorrendo no trânsito da cidade, em especial na área central, onde algumas ruas tiveram alterações de sentido, com o objetivo de tornar o Centro da cidade cada vez mais dinâmico e fluído (Projeto “Corredor Norte-Sul”)”, explicou.

Desde o início da gestão do governo Wladimir Garotinho, é feita a regularização da folha de pagamento dos servidores públicos. Neste mês de julho, a título de exemplo: Pagou passivos e adiantou metade do 13 salário referente ao salário de junho. O valor injetado na economia, apenas com salários de servidores, foi de R$ 142,4 milhões.

CAPAG

O objetivo do CAPAG é apresentar de forma simples e transparente se um novo endividamento representa risco de crédito para o Tesouro Nacional. A metodologia do cálculo, dada pela Portaria MF nº 501/2017, é composta por três indicadores: endividamento, poupança corrente e índice de liquidez. Logo, avaliando o grau de solvência, a relação entre receitas e despesa correntes e a situação de caixa, faz-se diagnóstico da saúde fiscal do Estado ou Município. Portaria STN nº 373/2020. (AQUI).

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.