‘Cada vida importa’, diz Witzel sobre número de mortes e casos de contágio

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), se solidarizou nesta quarta-feira (29) com o número de mortos e infectados pelo coronavírus no estado do Rio. São 738 mortes e 8.504 casos de contágio confirmados, segundo o último balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde.

Em uma rede social, Witzel disse que o governo acelerou as obras dos hospitais de campanha para atender à população que precisa de tratamento contra a doença.

“Há mais de 8 mil casos de coronavírus confirmados no RJ e 738 mortos. Toda minha solidariedade aos familiares das vítimas. Cada vida importa. Nós estamos correndo contra o tempo para montar hospitais de campanha e salvar o maior número possível de pessoas”, publicou.

O post foi feito um dia após o comentário do presidente Jair Bolsonaro durante uma entrevista coletiva.

Uma jornalista disse ao presidente: “A gente ultrapassou o número de mortos da China por covid-19”.

O presidente, então, afirmou: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre”, disse, em referência ao próprio sobrenome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *