Eduardo Paes perde mais uma no TRE nesta segunda

O candidato a governador Eduardo Paes perde mais uma representação no Tribunal Regional Eleitoral.

A decisão que indeferiu a liminar é da desembargadora Fernanda Xavier de Brito.

Paes queria que o candidato Wilson Witzel, a quem é atribuída a propaganda, se abstivesse de fazer o uso da seguinte propaganda eleitoral:

“Locutor: Você conhece o Eduardo Paes? E o seu mentor? (DIALOGO ENTRE EDUARDO PAES E LULA) Eduardo: mas ó, meu amigo… Falando sério, “to” aqui. Do teu lado… Conta comigo LULA: Obrigado! EDUARDO: Aqui… O senhor sabe da minha gratidão… Da minha admiração… Aqui o Senhor tem soldado. LULA: Obrigado Querido! COM QUEM SE MISTURA? (DIALOGO ENTRE EDUARDO PAES E LULA) EDUARDO: Eu sei que eu tenho que falar uma coisa pro Senhor: Minha vida começou com Lula e Cabral. LULA: Ham.. EDUARDO: Terminou com Dilma e Pezão! Puta que me pariu!!! LULA: ha-ha-ha-ha! (risos) E SEU DESPREZO COM O POBRE? (DIALOGO ENTRE EDUARDO PAES E LULA)
EDUARDO: O senhor me para com essa vida de pobre. Com essa tua alma de pobre, comprando “esses” barco de merda… Sitiozinho vagabundo! Put@#*#**riu!!! LULA: Hehehehe… EDUARDO: O senhor é uma alma de pobre… Todo
mundo que me fala aqui no Rio, eu falo o seguinte: Imagina, se fosse aqui no Rio, esse sítio dele, não é em Petrópolis, não é em Itaipava… É como se fosse assim, em maricá! É uma merda de lugar… LULA: hehehehe… Apoiador: “Eu vou votar no Wilson! Que ele vai limpar essa bagunça! Vai passar a Vassoura no Rio de janeiro e
vai meter o martelo nesses políticos safados!”

Pelo que se sabe esse material, supostamente usado, foi veiculado por todas as redes de televisão no período em que os fatos foram revelados na investigação.

Nunca ninguém falou em sigilo, o que é muito bem delineado na decisão que indeferiu o pleito do candidato Eduardo Paes.

É Eduardo, parece que os tempos são outros e a derrota do primeiro turno já começa a refletir até mesmo com sua impaciência hoje em uma entrevista na própria rede Globo, onde Paes, ao ser questionado sobre o processo em que foi declarado inelegível, e que concorre com liminar, sustentou a cumplicidade da Globo com ele na época em que ocorreram os fatos que culminaram com sua inelegibilidade e a de Pedro Paulo no TRE do Rio.

Tem muita coisa para acontecer entre Paes e seus padrinhos da Globo até a data do segundo turno. Sem contar com a impaciência do candidato Paes quando vai chegando às 6h da manhã, horário em que ocorrem aquelas visitas indesejáveis.

Confira a decisão:

De sua opinião