Suspeito de ser mandante das mortes de avô e neto de 5 anos em Campos é preso no ES

O suspeito de ser mandante das mortes do menino de cinco anos e do avô dele assassinados a tiros dentro de casa em Campos dos Goytacazes (RJ) foi preso no final da tarde desta terça-feira (19) em Guarapari (ES).

O homem estava foragido e é apontado pela Polícia Civil como mentor intelectual do crime, que teve envolvimento de outras cinco pessoas, todas presas.

Após ser localizado e preso em Guarapari, o suspeito foi encaminhado para a 146ª Delegacia de Polícia de Guarus, em Campos.

“Após menos de 10 dias do crime, o fato se encontra cabalmente elucidado, em todas suas circunstâncias, além de qualificados e presos todos os seis envolvidos neste crime de rara barbaridade”, divulgou a Polícia Civil.

Segundo a polícia, o crime foi motivado por vingança. A polícia informou que os criminosos invadiram a casa onde a família morava, no bairro Canaã, em busca do pai do menino Gabriel. Como não o encontraram, resolveram atirar contra os parentes.

De acordo com a polícia, foram cerca de 20 tiros. O avô e o neto morreram no local. A avó foi levada para o hospital, ficou internada, e já teve alta.

O delegado Pedro Emílio, da 146ª Delegacia de Polícia de Guarus, disse que o crime tem relação com a morte de um integrante de uma facção na localidade de Pernambuca.

De acordo com o delegado, o caso de Pernambuca é investigado pela 134ª DP do Centro e não há informações sobre a relação do pai da criança com essa morte. O que se sabe, segundo Pedro Emílio, é que o homem teve uma discussão com a vítima.

G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *