Sindicato dos Médicos de Campos cobra da Saúde melhores condições de trabalho

Está prevista para esta quinta-feira (9), uma vistoria na sede da Emergência 192 feita pelo departamento médico da Secretaria de Saúde. O objetivo é atender à solicitação do Sindicato dos Médicos que pediu medidas que possam melhorar a estrutura do serviço. Há denúncias de elevado índice de contaminação dos profissionais da saúde das Unidades Pré-Hospitalares (UPHs), além de queixas da sobrecarga de trabalho dos servidores em ação na linha de frente do combate ao coronavírus. Um reunião virtual aconteceu na quarta-feira (8) com a participação da secretária de Saúde, Cintia Ferrini, e de representantes do Simec presidido por José Roberto Crespo.

Na reunião virtual a pauta tratou de assuntos pertinentes aos efeitos colaterais da pandemia de Covid-19, no setor da saúde pública do município. O encontro contou 18 participantes, entre eles o presidente do Simec, José Roberto Crespo de Souza, a secretária de Saúde, Cíntia Ferrini e o diretor do departamento médico, Carlito Lessa.

De acordo com o presidente do Simec, José Roberto Crespo de Souza, as UPHs estão funcionando com equipes de atendimento incompletas. “Há falta de plantonistas e as condições de infraestrutura estão debilitadas. O número de queixas que temos recebido dos colegas médicos tem sido responsável por um clima de insegurança e medo como nunca vivenciamos em toda nossa história”, declarou o presidente.

Segundo o Simec, a secretaria de Saúde, Cíntia Ferrini, informou que o suporte do poder público está disponível aos profissionais em atendimento na linha de frente. Segundo a secretária, a promoção de reuniões entre as partes fortalece a assistência de saúde à população. O diretor do departamento médico, Carlito Lessa, afirmou que realizaria uma vistoria na sede da emergência (192), nesta quinta-feira (9).

José Roberto Crespo disse que, apesar de todas as dificuldades evidenciadas na rotina médica, “os servidores da saúde seguem buscando ofertar suas contribuições com empenho e dedicação em prol do melhor atendimento às demandas da sociedade”, conclui.

Fonte: Simec

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *