Paulo Marinho recusa convite para continuar no comando do PSDB no Rio

O empresário Paulo Marinho recusou o convite do presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, para que continuasse no comando do partido no Rio.

Em carta, Marinho agradeceu o gesto, recusando a tarefa em decorrência de novos em desafios, inclusive partidários, em São Paulo, onde está residindo com a família desde 2020.

Com a recusa de Paulo Marinho, o PSDB do Rio vai ser presidido pelo deputado federal Otávio Leite, tendo o deputado estadual Noel de Carvalho como vice e Max Lemos na secretaria-geral.

Leia a carta de Paulo Marinho a Bruno Araújo:

Ilmo.Dr.
BRUNO ARAÚJO
Presidente do diretório nacional do PSDB.

Caro Bruno

É com enorme satisfação que recebi sua carta, de 07 de junho, com o convite para permanecer na presidência da Comissão Provisória Estadual do nosso PSDB.

Está é uma missão que muito me honra, porém novos desafios , inclusive relacionados ao nosso partido e a opção da família por residir em São Paulo, me impossibilitam de aceitar o convite que me foi formulado.

Lamento muito, já que nesses 2 anos como presidente da comissão estadual fiz inúmeros amigos e passei a respeitar ainda mais o papel que o PSDB terá na reconstrução política e econômica do Estado do Rio de Janeiro. Os nosso princípios éticos e os valores que defendemos está em
plena sintonia com os anseios dos eleitores fluminenses e nacionais para o encontro com as urnas em 2022.

Conte com a minha gratidão e estima, na certeza que em São Paulo continuarei contribuindo para a nossa vida partidária com o mesma dedicação que fiz no Rio de Janeiro.

Receba o meu afetuoso abraço

Paulo Marinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *