MPRJ e TJRJ realizam operação de busca e apreensão em endereços ligados a juízes estaduais

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Originária Criminal (GAOCRIM/MPRJ), e a Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) realizaram, nesta sexta-feira (24/04), a Operação Erga Omnes, para cumprir 22 mandados de busca e apreensão na residência de dois juízes estaduais e em mais 19 endereços, entre residências, empresas e escritórios de advocacia, envolvendo outros 16 alvos.

Com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ) e da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), a operação teve a participação de 19 promotores de Justiça, três juízes da Corregedoria do TJRJ e 17 oficiais de Justiça.

Os mandados de busca foram deferidos em procedimentos investigatórios sigilosos em curso no Órgão Especial do Tribunal de Justiça, que objetivam apurar a prática de delitos atribuídos aos magistrados.

Ascom MPRJ*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *