Comandante da Regional Norte da Defesa Civil em reunião na Câmara Campos

O presidente da Câmara de Campos, Fábio Ribeiro, recebeu em seu gabinete, na tarde desta segunda-feira (3), o comandante da Coordenadoria Regional de Estado de Defesa Civil, major Phillipe Oliveira. A reunião, que contou com a participação de outros vereadores da Casa e do subsecretário de Posturas, Jackson Souza, além de representantes do órgão estadual, objetiva uma aproximação dos órgãos para o desenvolvimento de ações conjuntas.

O presidente Fábio Ribeiro destacou que, dentro da proposta de um Legislativo mais participativo e atuante, é de grande importância a parceria do Legislativo e Executivo com a Defesa Civil do Estado.

– Temos um município muito extenso, com problemas a serem tratados em nível não só local, mas regional, e um trabalho em conjunto pode agilizar muitas soluções. Eu e os vereadores tratamos de temas diversos com o comandante. Entre os considerados de mais importância pela Presidência da Câmara, está a possibilidade de reversão ou mesmo alguma forma de compensação pela transposição do Rio Paraíba do Sul em São Paulo, que desviou seu curso natural, praticamente a sentença de morte de nosso principal rio. Unidos, somados os esforços dos municípios da região, Legislativo, Executivo e Defesa Civil, podemos ter êxito nessa questão – explicou Fábio Ribeiro.

O comandante da Redec Norte, que confirmou a possibilidade, uma vez que a Regional da Defesa Civil também está à frente do Comitê Baixo-Paraíba, acrescentou outros exemplos de ações que podem surgir da parceria e beneficiar toda a população.

– A Redec Norte engloba seis municípios (Campos, Carapebus, Conceição de Macabu, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra e Quissamã), sendo Campos o município polo, sede de nossa Regional. Esse estreitamento, iniciado hoje, é muito importante, como para o recebimento de verbas federais através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, recursos para projetos do Executivo o Legislativo, para execução de melhorias para a população de Campos – contou Major Phillipe.

Entre assuntos, como os relacionados a parques ecológicos e áreas de preservação ambiental que fazem limite com Campos, um tema importante colocado em questão pelo comandante da Redec, também titular do Comitê Baixo Paraíba, foi sobre as comportas e a preparação para situações de emergência.

– Águas da Lagoa Feia, Rio Ururaí, Lagoa de Cima e outros pontos hídricos do município são necessárias para a população em geral e também para a produção agrícola. A abertura ou fechamento de comportas é questão crucial tanto para evitar inundações como estiagem e temos de cuidar dessas comportas. Vamos ter época de estiagem agora, no inverno, e o produtor rural é que mais sente essa escassez de água. Dependendo do clima atmosférico, teremos El Niño ou La Niña, com grandes períodos de estiagem e, no verão, com riscos de inundações, atingindo diferentes comunidades. O município precisa estar preparado para atender às necessidade da população, em emergências, e isso, por si só, já mostra a importância dessa parceira – concluiu o comandante da Redec.

Ascom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: