Saúde de Campos decreta estado de epidemia de chikungunya

Secretaria de Saúde de Campos dos Goytacazes decretou nesta sexta-feira (29) estado de epidemia de chikungunya no município. Segundo a secretaria, 1966 casos da doença foram confirmados até o momento.

O anúncio foi feito pela diretora da Vigilância em Saúde, a médica infectologista Andréya Moreira, durante entrevista coletiva na manhã desta sexta, no auditório do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Segundo o órgão, a epidemia foi decretada pelo município por apresentar 300 casos por cada 100 mil habitantes, de acordo com os critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A secretaria informou que, atualmente, são realizados cerca de 250 atendimentos diários no Centro de Referência de Doenças Imuno-infecciosas (CRDI) da cidade e a rede está preparada para atender à população, que também pode se dirigir às unidades básicas de saúde e aos hospitais Ferreira Machado (HFM) e Geral de Guarus (HGG).

“Os casos notificados são divulgados ao Estado pela Vigilância em Saúde para entrarem no sistema estadual. Existe uma demora para essa entrada no sistema devido a todo Estado apresentar índice alto de chikungunya. A epidemia só pode ser decretada quando o número de notificações ultrapassa o número de 1.500. Mas desde as últimas semanas a situação já vinha sendo tratada como surto epidêmico”, explicou a diretora da Vigilância em Saúde, Andreya Moreira.

De sua opinião