Witzel nomeia procurador-geral do RJ para a vaga de Lucas Tristão

O governador Wilson Witzel definiu o substituto de Lucas Tristão, exonerado no dia 3 da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Institucionais.

O escolhido é Marcelo Lopes da Silva, até então procurador-geral do RJ. Lopes da Silva deixa a PGE para assumir a pasta.

A movimentação foi publicada em dois decretos no Diário Oficial desta quarta-feira (24).

Tristão, apontado como um dos principais desafetos do governo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), foi exonerado quando o Palácio Guanabara ainda tentava contornar os dez pedidos de impeachment contra o governador.

A demissão de Tristão não impediu a abertura do processo. A primeira reunião do colegiado estava marcada para esta quarta-feira. O governador entregou à Casa um pedido para que o processo de impeachment aceito pelos parlamentares fosse suspenso.

Dossiê

Em outra frente, Tristão já tinha se desgastado com a Casa, suspeito de encomendar um dossiê e espionagem contra os deputados. A Alerj pediu que o Ministério Público e a Polícia Federal investigassem o caso.

“Ele (Tristão) falou, tenho testemunha, que tinha dossiê contra os 70 deputados. E vamos mandar remeter também pro Ministério Público”, disse Ceciliano à época.

Também na ocasião, o então líder do Governo na Casa, Márcio Pacheco, desmentiu. “Não há nenhuma ação de escuta”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *