Um dia após afastamento, Witzel diz que recebeu atendimento médico após passar mal

Um dia após ser afastado do cargo de governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel disse que se sentiu mal na manhã deste sábado (29) e precisou de atendimento médico.

Em entrevista à TV Globo, Witzel contou que acordou com uma inflamação e foi para o Hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, para ser atendido. Segundo ele, foi diagnosticada uma prostatite – inflamação da próstata.

Ainda pela manhã, Witzel afirmou que deixou o hospital e recebeu a visita de um médico no Palácio Laranjeiras – onde ele tem direito de permanecer, segundo a decisão do Superior Tribunal de Justiça que o afastou por 180 dias.

Em nota, o Hospital Copa D’Or informou que “tem por política não comentar o estado clínico de pacientes e nem se a pessoa foi atendida ou não na unidade”.

A assessoria de imprensa do PSC, partido de Witzel, afirmou que ele passou por exames no hospital, “foi diagnosticado com infecção, medicado e liberado em seguida, retornando para o Palácio Laranjeiras”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *