Sindicato dos Médicos de Campos denuncia salário atrasado dos profissionais da UPA

Após receber denúncias de possíveis ausências de repasses financeiros referentes aos salários dos médicos d Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campos, o Sindicato dos Médicos de Campos (Simec) oficiou à Secretaria de Estado de Saúde (SES) e à Secretaria de Estado de Governo (Segov), na última sexta-feira (24), um pedido de regularização dos salários referentes ao mês de agosto dos profissionais. Segundo a denúncia enviada ao Simec, a Organização Social Instituto dos Lagos Rios não teria feito repasses financeiros para a empresa Casa Branca Serviços Médicos Ltda.

“O Simec reitera a fundamental importância da manutenção da pontualidade do pagamento dos vencimentos salariais dos trabalhadores e afirma que segue adotando as medidas cabíveis para a breve solução do caso, com a finalidade de evitar a possível evasão de profissionais da unidade. A entidade aponta ainda que os médicos estão constantemente expostos, ofertando diariamente a sua contribuição profissional e necessitam da remuneração para sobreviver, e que o pagamento pontual dos salários não é um favor do contratante para com o colaborador, é a forma justa e digna dos profissionais receberem pelos serviços realizados na unidade hospitalar’, informou o Simec.

O Simec também informou que a SES e a Segov ainda não se posicionaram oficialmente sobre o caso. O Sindicato também fez contato com o Instituto dos Lagos Rio por telefone e através de e-mail, sem êxito de retorno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *