Prefeito Rafael Diniz acompanha obras de ampliação do Aeroporto Bartolomeu Lisandro

O prefeito Rafael Diniz realizou nesta terça-feira (1º) uma visita técnica às obras de ampliação do Aeroporto Bartolomeu Lisandro, que geram cerca de 100 empregos diretos em sua realização. A administradora do espaço, a Infra Operações Aeroportuárias iniciou o processo de adequação e modernização do espaço com a construção de um novo terminal para passageiros do setor offshore, com 1.200 m². O espaço também ganhará um novo pátio para aeronaves com 20 mil m².

— Finalmente Campos vai ter um aeroporto à altura da sua importância. E, com um aeroporto maior e mais moderno, vamos gerar mais empregos, incentivar o turismo e trazer mais desenvolvimento para nossa cidade. É assim que a gente vai transformar nossa cidade: trabalhando com seriedade e buscando parcerias — ressaltou Rafael Diniz.

A ampliação do Aeroporto permitirá que Campos tenha voos diretos para as maiores cidades do país e será uma opção para o transporte de cargas, atendendo ao Porto do Açu e cidades próximas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. A obra de ampliação também impulsiona a economia da cidade com a geração direta de empregos, como no caso do pedreiro Wilson de Barros.

— A crise atingiu a todos. Eu sempre trabalhei de pedreiro, mas há tempos que estava de bico em bico, fazendo o possível para não deixar nada faltar em casa. Esta obra aqui veio em muito boa hora porque está empregando muita gente, assim como a mim. Quando fui chamado, levantei as mãos para o céu. Só tenho a agradecer. É importante para o desenvolvimento da cidade e ajuda muita gente — disse Wilson.

Quando iniciada a atual gestão, o Bartolomeu Lisandro fechava os meses em déficit, dando prejuízos à prefeitura, realidade que ficou no passado. Sob a administração da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), o Aeroporto passou a dar lucro ao município. O movimento de passageiros aumentou e novas empresas passaram a operar, como a CHC, a Shell e a Líder Táxi Aéreo. O presidente da Codemca, Vinicius Viana, comenta que a infraestrutura é essencial para que o aeroporto seja um fator gerador de novos negócios.

— A Codemca acompanha toda a evolução do aeroporto, desde antes de sua concessão até agora. Visitamos junto ao prefeito Rafael Diniz a obra de ampliação da estrutura do espaço. Conseguimos fazer uma gestão eficiente, que transformou um aeroporto que dava prejuízos à prefeitura em superavitado. Fomos além e buscamos o avanço, que a concessão está trazendo à cidade — comentou Vinicius.

Atualmente, há apenas um terminal no Bartolomeu Lisandro, que atende trabalhadores offshore, voos comerciais e domésticos. A ampliação transformará o espaço e dará mais conforto aos passageiros. O pátio de aeronaves comporta uma aeronave estacionada e passará a atender 25, como relata o superintendente do Aeroporto, Cipriano Magno de Oliveira.

— Começamos os investimentos no Aeroporto. Estamos construindo o terminal offshore, que deverá ficar pronto em dezembro deste ano ainda. Faremos também a construção de um novo pátio de aeronaves, que atenderá aproximadamente 25 aeronaves estacionadas. Posteriormente, iremos revitalizar a pista e o pátio de estacionamento de aeronaves antigas — explicou Cipriano.

Fonte: Supcom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: