15/06/2024
Campos

Pediatria do HFM vai ganhar mais nove leitos

Nas próximas semanas, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) entregará a reforma que ampliará o número de leitos de enfermaria na pediatria do Hospital Ferreira Machado (HFM), localizado no terceiro andar da unidade. Equipada com camas e berços, a nova ala contará com um total de nove leitos, que têm como objetivo atender e desafogar a demanda pediátrica, especialmente durante o período de sazonalidade de inverno.

O presidente da FMS, Arthur Borges, informou que o aumento de leitos é necessário devido ao crescimento de casos de pneumonia e bronquiolite que ocorre nas crianças durante os meses de maio, junho e julho por conta da chegada do clima frio.

“Assim que os novos leitos de pediatria estiverem prontos, os pacientes serão absorvidos gradualmente conforme a demanda. A previsão é de que todos estejam ativos o mais rápido possível, após os ajustes finais da ampliação e reforma. A nova ala pediátrica estará preparada para lidar com o pico de incidência de casos respiratórios, proporcionando maior tranquilidade e assistência imediata aos usuários do serviço”, enfatizou.

RECOMENDAÇÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

De acordo com a orientação do Ministério da Saúde, grande parte dos casos de síndromes gripais é de baixa complexidade, apresentando sintomas leves, que podem ser tratados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades Pré-Hospitalares (UPH). A recomendação é que apenas os casos de média e alta complexidade sejam encaminhados para a rede hospitalar de urgência.

“Buscamos soluções específicas para a ampliação dos leitos de pediatria, sejam leitos qualificados ou de enfermaria, visando otimizar ao máximo esse giro de leitos e fornecer a resposta que a população necessita neste momento crítico. Estamos nos preparando para o período de doenças respiratórias infantis, que sobrecarregam o sistema de forma atípica”, destacou o superintendente de Gestão e Planejamento da FMS, Gilberto Nunes, que inspecionou o andamento da obra na última quinta-feira (16).

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *