Militar reformado da Marinha é preso suspeito de tentar matar a própria esposa

Um militar reformado da Marinha foi preso na tarde desta terça-feira (5) em Araruama, na Região dos Lagos do Rio, suspeito de tentar matar a própria esposa.

De acordo com a polícia, o caso foi descoberto após a vítima de 44 anos ir até a 118ª DP em Araruama, informando que teria sido vítima de disparo de arma de fogo momentos antes, no interior da residência localizada no Balneário de Praia Seca.

Ainda segundo a polícia, o militar atirou, mas estava bêbado e não acertou a mulher.

Policiais civis e uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (GAT) da PM foram até o local e lá foram recebidos pelo suspeito, que estava com uma pistola 9 milímetros ainda em punho, segundo os agentes.

Ainda segundo a Polícia Civil, o sub oficial reformado do Corpo de Fuzileiros Navais resistiu às tratativas da equipe de conduzi-lo para a delegacia e chegou a ressaltar que só sairia de casa se fosse escoltado por agentes da Marinha do Brasil.

Após negociação, no entanto, os policiais conseguiram levá-lo até a 118ª DP, onde ele foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio tentado e resistência qualificada.

Com o militar reformado foram apreendidas duas armas de fogo, sendo uma pistola calibre 9mm e um revólver calibre 38, três carregadores e 110 munições calibres 9 mm e 38.

De acordo com a Polícia Civil, ele será encaminhado ao Primeiro Distrito Naval da Capital, onde aguardará por audiência de custódia preso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *