Justiça nega revogação de prisão temporária de Renata Cirne, namorada do Dr. Bumbum

O juiz Bruno Machado Manfrenatti, da 1ª Vara Criminal da Capital, negou o pedido de revogação de prisão temporária de Renata Fernandes de Cirne, namorada do médico Denis Furtado. Ela foi presa no dia 17 de julho, na investigação sobre a morte da advogada Lilian Calixto, no dia 15. Na decisão, o magistrado afirmou que a prisão é necessária para a conclusão das investigações.

“Outrossim, a prisão temporária da indiciada apresenta-se imprescindível para as investigações, na medida em que propiciará a colheita de novos depoimentos, ressaltando-se que as testemunhas já ouvidas, em sede policial, contribuíram com diversas informações que levaram à provável autoria do fato”, avaliou.

De acordo com o inquérito, outra paciente do médico afirmou que Renata era responsável por encontrar clientes e marcar consultas, e que o local onde seria feito seu procedimento era a residência da namorada de Denis. No estacionamento do prédio foi encontrado um carro com medicamentos guardados, incluindo um remédio usado para cirurgias de glúteos.

Fonte:TJRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *