18/06/2024
Polícia

Economista campista é preso por suspeita de abusar de menino de 10 anos no vestiário do Flamengo

A Polícia Civil investiga uma tentativa de estupro contra um menino de 10 anos no vestiário do Clube de Regatas do Flamengo, na Gávea, na Zona Sul do Sul. De acordo com o relato da vítima, um idoso de 69 anos, de Campos dos Goytacazes, sócio do clube, o abordou no chuveiro e tocou em seu órgão genital. O assédio só foi interrompido depois que um outro sócio entrou no local, assustando o criminoso. O menino contou que aproveitou a oportunidade para fugir do assediador.

Assustado, ao lado da babá, a vítima identificou o suspeito saindo do vestiário após o crime. O clube do Flamengo foi imediatamente informado do ocorrido. “Soubemos do episódio quando o menor já estava seguro com a sua babá. O clube prestou apoio à família do menor, fez contato telefônico com o Ministério Público, onde obteve instruções do que deveria ser feito”, disse o Flamengo, em nota.

O caso foi registrado na 14ª DP (Leblon) e, com a ajuda dos documentos fornecidos pelo clube, conseguiu localizar o idoso no bairro do Leblon, na Zona Sul, na quarta-feira (23). Em depoimento, o suspeito negou que tenha tentado abusar do menino. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça do Rio. No entanto, de acordo com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), a prisão foi convertida em prisão domiciliar. O caso segue agora em segredo de Justiça.

O Flamengo informou também que está acompanhando o desenrolar do processo e, administrativamente, com base no seu estatuto, suspendeu o acesso do homem em suas dependências até o julgamento do caso.

Fonte: Com informações O Dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *