Decreto permite ensino híbrido 21 dias após 1ª dose de vacina em profissionais, em Campos

A Prefeitura de Campos publicou, em edição suplementar do Diário Oficial, o decreto 193/2021 (AQUI), mantendo a Fase Amarela no município até o dia 28 de junho. A decisão foi tomada durante reunião do Gabinete de Crise e Combate à Covid-19, realizada nesta segunda-feira (07). De acordo com o decreto, estando em conformidade com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde, as aulas no modelo de ensino híbrido seguro poderão ser retomadas 21 dias após a primeira dose da vacinação dos trabalhadores da educação de cada unidade escolar.

Profissionais da Educação estão sendo imunizados em Campos. A vacinação teve início em maio e, após ser suspensa pela justiça, foi retomada este mês . Neste período, estarão autorizadas as escolas de educação infantil, ensino fundamental e médio, de acordo com a portaria da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, que estabelece o Plano Municipal de Ensino Híbrido Seguro.

De acordo com o decreto, as escolas também estão autorizadas a oferecer atividades esportivas e atendimentos psicossociais promovidos por profissionais de educação e de saúde, já imunizados contra Covid-19, para grupos de até sete estudantes, desde que cumprido o protocolo “Regras da Vida” da Vigilância Sanitária e o Manual Operacional do Ensino Híbrido na Pandemia, no que couber.

Continua vedada a permanência e o trânsito em vias, parques, equipamentos, locais e praças públicas, dentro do município, entre meia noite e às 5h da manhã, com exceção dos profissionais e serviços de saúde, incluindo farmácias, forças de segurança, vigilantes, Vigilância Sanitária, Postura Municipal, advogados no exercício da profissão, serviços de telecomunicação e energia, e demais situações de emergência. Também está proibido o funcionamento de parques de diversões e alojamentos infantis.

Fiscalização – Durante a reunião do Gabinete de Crise e Combate à Covid, a coordenadora da Vigilância Sanitária, Vera Cardoso de Melo, apontou que o órgão segue realizando a vistoria nas escolas, para verificar a adequação aos protocolos sanitários do “Regras da Vida”, para garantir “segurança para profissionais e alunos, oferecendo tranquilidade aos pais”. Mais de 30 unidades escolares da rede privada estão com licenciamento sanitário com check-list Covid aprovados pela Vigilância Sanitária, com 10 unidades da rede municipal tendo recebido inspeção da Vigilância.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *