Cleiton Rodrigues: O decreto de flexibilização serve como “espinha dorsal”

Em vídeo divulgado, o secretário estadual de Governo Cleiton Rodrigues explicou que o decreto com as medidas de flexibilização de isolamento no estado do Rio são orientações, e não uma imposição.

— O governador Witzel tomou por decisão a edição desse decreto após várias reuniões com todos os secretários, principalmente com o secretário de saúde. É um decreto que não deve ser encarado como imposição aos prefeitos, mas, sim, orientação. Cada prefeito, de acordo com sua realidade local, deve, de forma gradual, ir reabrindo a sua economia. O importante para isso é que as pessoas tenham em mente sempre o distanciamento social e o uso contínuo de máscaras. Assim poderemos retomar a economia e também continuar preservando vidas, o que é o mais importante — diz Cleiton Rodrigues.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *