Chefe de quadrilha do golpe do falso leilão de carros é preso no Rio

Foto: arquivo

Um homem que chefiava uma quadrilha que criava sites falsos de leilões de veículos foi preso no Rio. A vítima só descobria o golpe depois que pagava pelo automóvel.

Ao menos 100 vítimas prestaram queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI). Uma delas pagou R$ 100 mil por três carros que não existem.

A Polícia identificou 30 sites falsos. Os estelionatários chegaram a recriar um endereço que fingia ser do Detran. Eles diziam que os veículos tinham sido apreendidos por falta de pagamento de impostos.

A prisão aconteceu em um prédio em Jacarepaguá, na Zona Oeste, e foi liderada por agentes da DRCI. No apartamento, foram apreendidos R$ 6 mil e cartões de banco com nomes falsos.

A quadrilha tem um núcleo em São Paulo e outras cinco pessoas foram indiciadas. Lá, essa mesma quadrilha já negociou caminhões, maquinas agrícolas e lanchas — que também não existiam.

Os interessados davam um lance e recebiam um contrato com documentos falsos do veículo. Depois que o pagamento era feito pela internet, os compradores descobriam que tinham sido enganados.

G1*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *