22/06/2024
Campos

Cartão Goitacá: Prefeitura de Campos divulga nova lista com 845 novos beneficiários

Mais 845 famílias receberão os cartões do programa “Cartão Goitacá”. A nova lista foi divulgada nesta sexta-feira (15) (AQUI). A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social fará a entrega na próxima terça-feira (18) em evento realizado na Vila Olímpica Lulu Beda, no Jardim Carioca, a partir das 09h. O Cartão Goitacá é um programa de transferência de renda no valor de R$ 200 destinado às pessoas que vivem em vulnerabilidade social. Ao todo, desde a sua criação em 2022, quase 14 mil famílias já foram beneficiadas com o programa. A meta é atingir a marca de 20 mil famílias até o final deste ano.

O “Cartão Cidadão” é oferecido às famílias através de análise socioeconômica feitas pelas equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social, que utilizam ainda a base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) para realizar a seleção dos beneficiários. Segundo o secretário Rodrigo Carvalho, o programa é uma forma de garantir a segurança alimentar destas famílias. “No início do governo, a gente encontrou pessoas que estavam há meses sem comer carne, por exemplo. Com a ideia de governo do prefeito Wladimir Garotinho, que é cuidar de pessoas, o Cartão Goitacá foi criado para promover a diminuição da desigualdade social e garantir a segurança alimentar dessas pessoas”, disse o secretário.

As famílias beneficiárias precisam ser referenciadas no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Os beneficiários devem estar, preferencialmente, em acompanhamento familiar pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) ou Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Família e Indivíduos (PAEFI). São priorizadas famílias numerosas, que tenham em sua composição, idosos e pessoas com deficiência sem fonte de renda e sustento; pessoas e famílias vítimas de calamidades e emergências; mulheres chefes de família e seus filhos, mulheres em situação de violência e jovens egressos dos acolhimentos institucionais.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *