19/06/2024
Campos

Campos terá ato pela democracia nesta quinta, 10h, no Pelourinho

Os atos públicos pela Democracia que tomarão todas as capitais do país nesta quinta, dia 11, também começam a ter adesão em cidades médias. No Norte Fluminense, sindicatos e movimentos sociais se uniram para promover a manifestação a partir das 10h, no Pelourinho (Calçadão, em frente à Caixa Econômica). O Sindipetro-NF, o Sindicato dos Metalúrgicos e o Sindicato dos Bancários estão entre as entidades organizadoras.

O NF também estará presente em outros pontos do país, com diretores, diretoras e militantes em atos no Rio e em São Paulo. O dia será marcado pelo lançamento da Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito, organizada pela Faculdade de Direito da USP, que pode ser lida e assinada neste link: https://www.estadodedireitosempre.com. No final desta manhã o documento já contava com aproximadamente 850 mil assinaturas.

Nacionalmente os petroleiros e petroleiras participarão dos atos. “A categoria petroleira vai se juntar à sociedade e ocupar as ruas de todo o país para dar uma resposta clara às ameaças autoritárias do presidente”, destacou a FUP nesta semana.

O coordenador geral da Federação, Deyvid Bacelar, reforça o chamado: “é fundamental que todos os petroleiros e petroleiras participem desses atos, demonstrando mais uma vez que a categoria petroleira está sempre nas trincheiras da defesa da democracia. Não iremos permitir que a arrogância autoritária e golpista de Bolsonaro surta efeito, iremos derrotá-lo nas ruas e nas urnas”.

Veja os atos onde já tem presença garantida da categoria petroleira:

  • 7h na Replan em Paulínia SP
  • 10h no Largo do Rosário em Campinas SP
  • 11h na Faculdade de Direito da USP
  • 11h na PUC bairro Gávea, Rio de Janeiro
  • 11h na Faculdade de Direito da UFRGS em Porto Alegre
  • 17h na Av. Paulista em São Paulo
  • 17h na Praça Afonso Arinos em Belo Horizonte
  • 18h na quadra da Novo Império, bairro Caratoira, Vitória ES

Veja também onde tem outros atos marcados e participe:

Alagoas
Maceió – Praça do Centenário, 8h

Amazonas
Manaus – Praça da Saudade, às 15h

Bahia
Salvador – Praça do Campo Grande, às 9h

Ceará
Fortaleza – Praça da Bandeira, às 9h; Gentilândia, às 16h; e Casa do Estudante, às 19h

Distrito Federal
Brasília – Às 15h, tem ato no Congresso Nacional.

Espírito Santo
Vitória – Praça Costa Pereira, 10h

Goiás
Goiânia – Praça Universitária, às 17h

Maranhão
São Luiz – Praça Deodoro, às 16h

Minas Gerais
Belo Horizonte – Praça Afonso Arinos, às 17h

Mato Grosso
Cuiabá – Liceu Cuiabano, às 19h

Mato Grosso do Sul
Campo Grande – Câmara Municipal, às 10h

Pará
Belém – Mercado São Braz, às 17h

Paraíba
João Pessoa – Lyceu Paraibano, às 14h

Paraná
Curitiba – Praça Santos Andrade, às 15h30

Pernambuco
Recife – Rua da Aurora, às 15h

Piauí
Teresina – Praça Rio Branco, às 8h30

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro – PUC, às 11h e Candelária, às 16h

Campos dos Goytacazes — Pelourinho, às 10h

Rio Grande do Norte
Natal – Midway Mall, às 14h30

Rio Grande do Sul
Porto Alegre – Colégio Júlio de Castilhos, às 8h; Faculdade de Direito da UFRGS, às 10h; e ato Palácio Piratini, às 12h

Rondonia
Porto Velho – UNIR Centro, às 17h (concentração às 16h30)

Santa Catarina
Florianópolis – Auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), às 10h

Chapecó – saguão da Reotira da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), às 10h

São Paulo
São Paulo

Às 11h, será lida a Carta às brasileiras e brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito, na faculdade de Direito da USP.

Às 9h e às 17h, atos de massa serão realizados em frente ao Masp, na Avenida Paulista.

Campinas – Largo do Rosário, às 10h

Ribeirão Preto – Faculdade de Direito, às 10h; e Esplanada do Teatro Pedro II, às 17h

Santos – Praça dos Andradas, às 10h

Sergipe
Aracaju- Praça Getúlio Vargas, Bairro São José, às 15h

Ascom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *