TRE concede liminar a Wladimir para apagar fake news

O desembargador Luiz Fernando de Andrade Pinto, do Tribunal Regional Eleitoral, concedeu liminar ao candidato a deputado federal Wladimir Garotinho para apagar fake news divulgada nas redes sociais.

Wladimir representou contra Luciano Grain Lemos, Igor Suisso, Aroldo Vianna e o Facebook, que compartilharam uma imagem falsificada sobre a candidatura.

Na decisão, o desembargador destaca que “Na hipótese, tem-se como irregular o conteúdo constante da publicação na medida em que o Representante encontra-se com a sua situação regular para fins de concorrência no pleito que se aproxima.”

A denúncia também deve ser enviada a Polícia Federal para identificar quem falsificou os dados do Tribunal Superior Eleitoral.

Desde de 2016 três inquéritos sobre fake news encontram-se na Polícia Federal de Campos ainda sem resultado.

Confira a decisão: 

De sua opinião