Rio de Janeiro: Pesquisas eleitorais podem ser novamente colocadas em cheque

Continua a grande discussão sobre o palanque montado pela Globo em cima de pesquisas eleitorais feitas pelo Ibope e Datafolha.

Ainda bem que pesquisa não é eleição.

No primeiro turno o juiz Wilson Witzel estava em quarto lugar e segundo os dois institutos Cabral poderia vencer a eleição ainda no primeiro turno. Quando veio o resultado das urnas quase que o juiz ganha no primeiro turno.

Mas o pior que todo mundo acha isso bonito e continua prestigiando os institutos Ibope e Datafolha, transformando-os em um grande palanque para fazer propaganda política para o grupo de Sérgio Cabral no estado do Rio.

Mas ninguém imaginava que ainda tem tanta gente que gosta de Cabral no Rio de Janeiro, apesar de tudo.

Onde andam Freixo, Tarcísio e o pessoal do PT?

Os delatores diziam que davam propina aos institutos de pesquisa para fraudar prognósticos e a Globo continua contratando-os, como se nada tivesse acontecido.

Isso prova que os tentáculos de Cabral e seu modus operandi ainda são muito fortes.

É esperar domingo à noite para ver o que o eleitor vai decidir.

A pesquisa do Ibope dá 48% para o juiz Wilson Witzel e 38% para Paes nos votos válidos.

Cuidado com a técnica da indução feita pelos meios de comunicação que defendem a candidatura de Eduardo Paes.

De sua opinião