Pedido de impeachment contra Pezão deverá ser julgado pela Alerj, diz TJ-RJ

Uma decisão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio determinou que a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) julgue a denúncia de crimes de responsabilidade e o pedido de impeachment contra o governador Luiz Fernando Pezão (MDB) e o vice-governador, Francisco Dornelles.

O pedido de impeachment que deverá ser julgado foi requerido pelo deputado Marcelo Freixo (PSOL) e outros. A ação concedeu mandado de segurança para que o recurso interposto em fevereiro de 2017 seja analisado e julgado.

Em março deste ano, o julgamento do Órgão Especial chegou a ser retirado de pauta. Ao todo, foram mais de dez pedidos de impedimento contra Pezão — dentre os autores, Flávio Bolsonaro, PSOL, PSDB e Muspe. Oito deles foram arquivados pela presidência da Assembleia, que na época ainda era ocupada por Jorge Picciani (MDB), afastado do comando da Casa depois de ser preso na Operação “Cadeia Velha”.

G1*

De sua opinião