Eduardo Paes está acreditando em quem?

Opinião:

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes, durante o debate hoje na Firjan com o juiz Wilson Witzel, ficou todo encorajado diante dos espectadores e nitidamente queria procurar um desentendimento com o juiz federal. O magistrado da justiça federal sabe perfeitamente o que fazer no momento certo.

Os dois candidatos esqueceram de avisar ao pessoal da Firjan que eles estão promovendo o debate para o governo do estado, mas a Firjan e a Fecormércio, as responsáveis pela política de renúncia fiscal que quebrou o estado do Rio de Janeiro instituído pela equipe da quadrilha de Sérgio Cabral, quando governador, que até hoje persiste, ou seja, a maioria absoluta dos filiados da Firjan e da Fecomércio não pagam impostos, mas a Firjan patrocina campanhas milionárias no jornal O Globo contra sonegação.

É muito desplante da Firjan em se encorajar para promover o debate de candidatos ao governo do estado. Isso só pode ser brincadeira.

Essa turma, pelo que se sabe, está dando a vida pela candidatura de Eduardo Paes, que por conseguinte já está também atrás do telefone do Pastor Everaldo.

O estado do Rio de Janeiro vem sendo saqueado por esse grupo com argumento de geração de empregos. Tudo mentira.

Os erros dos institutos de pesquisa, o afastamento de Garotinho do processo eleitoral e outros equívocos demonstram que no Rio essas organizações de pesquisa nunca acertam os seus prognósticos.

O Ibope e o Datafolha esconderam o juiz Wilson durante todo o processo eleitoral.

O candidato quase que vence no primeiro turno. Esse é um dos maiores escândalos praticados pelos institutos de pesquisa Ibope e Datafolha, contratados pela Globo no Rio de Janeiro.

Agora porque sabe que Eduardo Paes não tem a mínima chance no segundo turno começaram a catimbar na publicação de novas pesquisas.

Estão atacando o juiz federal para tentar uma negociação com o candidato e evitar que os privilégios da República do Leblon sejam atingidos.

Depois disso tudo fica a pergunta: Eduardo você está acreditando em quem? Já, já essa turma te deixa na pista. Não leva uma semana.

Coitado do Pastor Everaldo, o posto Ipiranga do juiz!

De sua opinião