Catimba no processo de cassação de Eduardo Paes no TSE impede sua inclusão em pauta

Opinião:

O recurso do candidato Eduardo Paes e Pedro Paulo na Aije em que os dois foram declarados inelegíveis pelo prazo de oito anos a partir de 2016, depois do pedido de vista deferido pelo relator, agora apareceu outros profissionais fazendo pedido de cópias, o que impede a sua inclusão na pauta do Tribunal Superior Eleitoral.

O Ministério Público já deu parecer contra Paes e Pedro Paulo. Ambos estão concorrendo sub judice. É que se confirmada à inelegibilidade, cai a liminar e seus diplomas serão cassados, se expedidos.

Esse processo estava parado no TSE, com o Ministério Público, de maio a setembro de 2018. É impossível que o TSE não julgue esse processo antes do segundo turno do Rio. Isso causa insegurança ao eleitor.

Não podemos dizer que Eduardo Paes é ficha suja. Mas ao ser julgado pelo TSE poderá ser assim declarado.

Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

De sua opinião