Rafael Diniz agora quer fechar as casas noturnas de Campos

A mídia corporativa de Campos saiu em ataque às casas noturnas que funcionam com música.

A bola da vez foi a boate Luxx no Parque Tamandaré. Recanto preferido na atualidade pela juventude da cidade.

A matéria não quis trazer para a briga o verdadeiro incomodado pelo som que é o hotel Ramada.

O prédio de onde foi feito as imagens realmente poderia ter sido atingido pela música alta, mas isso faz parte da vida.

Depois de destruir boa parte da economia local não é justo que se inicie uma cruzada contra as casas noturnas, como vem sendo noticiado.

É difícil se falar em casa noturna que não tenha música alta e que não tenha ocorrência de alguns empurrões.

Isso não é privilégio de Campos é de qualquer lugar do mundo.

Também estão fazendo uma acusação à boate Luxx pela presença de carros de clientes com música alta em fila dupla na rua. Como que o dono da boate pode controlar os veículos na rua?

Tem uma boate em frente ao Baviera que vire e mexe também tem esse tipo de ocorrência, principalmente na saída da boate.

O mundo não pode parar para meia dúzia de representantes de uma elite em decadência, como é o caso de Campos.

Não conheço o dono da boate, nunca vi o dono da boate e nem o dono do hotel Ramada.

Comente