Aije que tornou Eduardo Paes e Pedro Paulo inelegíveis está com o MPE desde 20 de junho

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral que tornou inelegíveis o ex-prefeito Eduardo da Costa e o deputado Paes e Pedro Paulo está com carga para o Ministério Público Eleitoral desde o dia 20 de junho. O processo é o Agravo de Instrumento número 0001705-94.2016.6.19.0176.

Nesse caso também foi concedida uma liminar a Eduardo Paes e Pedro Paulo para suspender o acórdão que os tornou inelegíveis, inclusive para esta eleição.

Pois bem. A eleição é dia 7 de outubro e pelo visto Eduardo Paes vai concorrer subjudice, uma vez que o processo está paralisado exatamente no Ministério Público Eleitoral.

Fica o registro do site.

Andamento processual: Acompanhamento processual e Push — Tribunal Superior Eleitoral

De sua opinião