Wladimir Garotinho obtém decisão favorável da Justiça Eleitoral após Caio Vianna disseminar mentiras sobre sua candidatura

O juiz da 75ª Zona Eleitoral de Campos (RJ), Elias Sader Neto determinou nesta sexta-feira (27) que o candidato Caio Vianna (PDT) publique um direito de resposta do adversário Wladimir Garotinho em sua página no Facebook e Instagram.

A decisão considerou que o candidato publicou notícias inverídicas contra Wladimir, ao difundir a falsa informação de que o candidato está com registro impugnado pela Justiça Eleitoral.

“A decisão é clara. O candidato Caio Vianna disseminou mentiras contra o candidato Wladimir”, destacou o advogado da coligação Um Governo de Verdade, Paulo Roberto de Azeredo.

“Ao dizer ‘A candidatura de Garotinho (Wladimir) e Frederico continua suspensa e o voto não será contado, o candidato Caio, deliberadamente, divulga meia verdade induzindo o eleitor a erro”, diz um trecho da sentença.

“Vale dizer, a verdadeira mentira não é a grosseira, mas aquela dissimulada, travestida de verdade, isto é, “a meia verdade” potencialmente idônea a operar o erro”, diz o magistrado na decisão.

Wladimir e Caio disputam o segundo turno no próximo domingo (29/11). No primeiro turno, Wladimir obteve mais de 106 mil votos, enquanto Caio ficou na segunda posição, com mais de 68 mil votos.

Leia a decisão: Decisão-1

Com ascom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *