Wladimir Garotinho apresenta indicadores que deram a Campos nota máxima no Tesouro Nacional - Tribuna NF

Wladimir Garotinho apresenta indicadores que deram a Campos nota máxima no Tesouro Nacional

Convidado a liderar um painel de debates sobre a contribuição da gestão municipal para alavancar a economia de Campos, o Prefeito Wladimir Garotinho apresentou dados que justificam a nota máxima conferida pelo Tesouro Nacional quanto à gestão fiscal e contábil, por meio do Siconfi (Sistema de Avaliação da Informação Contábil e Fiscal). Ele apresentou o painel com a participação do coordenador regional do Sebrae-RJ, Guilherme Reche e o presidente da CDL Campos, Edvar Chagas Filho que destacaram a importância das parcerias firmadas na atual gestão da Prefeitura com o setor produtivo que resultaram no desenvolvimento e geração de empregos.

“A economia Campos cresceu 7,6% no primeiro ano (2022) no pós-pandemia da Covid-19 e isso é um feito considerável porque o crescimento médio nos países da OCDE é de 3,1%. Em 2020, segundo dados do Caged, Campos configurava um saldo negativo com menos 1.282 vagas de emprego; em 2021, o município veio se recuperando e houve um salto de 3.220 empregos com carteira assinada, dando destaque para o comércio. Já em 2022, foram 4.188 e em 2023, até o momento, já são 4.166 com destaque para o setor de serviços, assim como no ano anterior. Campos figura noutro ranking importante do Estado que é a instalação de novas empresas. A prefeitura durante décadas figurou como a maior empregadora, mas hoje, ajuda o setor privado a gerar empregos e desenvolvimento com várias políticas públicas desenvolvimentistas”, destacou o Prefeito de Campos que deu ênfase ao papel do Fundecam (Fundo Municipal de Desenvolvimento de Campos).

“O Fundecam na nossa gestão prioriza o apoio ao pequeno e médio empresário e o fomento ao empreendedor tem gerado milhares de empregos. O Fundo disponibiliza recursos com aporte de até R$ 50 mil com juros de até 2% ao ano. Implementamos um programa de desburocratização juntando as Secretarias e órgãos de fomento ao desenvolvimento no mesmo local nos altos da Rodoviária e viabilizamos no local o funcionamento da Jucerja (Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro). Em Campos, atualmente é possível emitir o Alvará de Funcionamento de uma empresa com prazo de 48 horas”, destacou o Prefeito que com essas e outras informações provocou aplausos.

Alguns empresários de outras cidades participantes do evento manifestaram interesse em investir em Campos, inclusive o Senador Efraim Filho que foi o palestrante seguinte ao Prefeito e brincou: “Até eu estou interessado em ter todo esse apoio para empreender”. Wladimir ponderou – “Todos os senhores serão bem-vindos, mas os benefícios são para quem investir em Campos”.

Parcerias – Wladimir mencionou várias ações que contribuem para a economia de Campos por meio de parcerias com o setor privado, inclusive com a CDL, que desenvolve o comércio, o turismo e outros setores relevantes como a Saúde e Infraestrutura, por meio de parceria com o Governo do Estado. Por sugestão da CDL, criamos o Fashion Day que em parceria também o Sebrae, fortalece o segmento lojista nos Centros comerciais nos bairros; criamos o Passeio Ciclístico São Bento, o Festival de Petisco, a Fepe (Feira de Preços Especiais), o Festival Gastronômico e agora o Bora Empreender, que reúne antigos e novos empreendedores e ainda o Caminho da Fé´, que compreende um percurso entre as igrejas históricas que inclusive está no Roteiro Oficial do Estado.

Na intervenção do debate, Guilherme Reche e Edvar Chagas pontuaram medidas assertivas do poder público que têm contribuído para a economia de Campos avançar.

“Em Campos, por meio da parceria com a Prefeitura, realizamos reuniões com empreendedores no Espaço da Oportunidade fazendo orientações qualificadas e isso contribui para o surgimento de novos pequenos negócios que são importantes na geração de empregos. A taxa Selic no patamar de 13,6% resulta em juros entre 254% e 30% para os empreendedores, mas o Fundecam pratica 2% ao ano e isso é um diferencial importante na atração de negócios. Tanto que nos últimos dois anos e meio foram realizados 742 contratos”, avalia Guilherme Reche.

Prefeito recebe comenda – Ao final do painel apresentado pelo Prefeito Wladimir, pelo presidente da CDL, Edvar Chagas e pelo Coordenador do Sebrae-RJ Guilherme Reche, a Confederação Nacional das CDLs homenagearam o Prefeito por contribuir com o desenvolvimento de Campos. Também foi homenageado Edvar Chagas pelas parcerias profícuas com o poder público e também homenageou o ex-presidente da CDL Campos, Odilon Martins e o vice- presidente da FCDL (Federação das CDLs do Estado do Rio), Marcelo Mérida. As comendas foram entregues respectivamente pelo presidente da CNDL (Confederação Nacional das CDLs, José César da Costa, e pelo presidente da FCDL, Fabiano Gonçalves.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *