Wladimir anuncia vacinação para profissionais da Educação e plano de ensino híbrido seguro

Prefeito Wladimir Garotinho (Foto: César Ferreira)

O prefeito Wladimir Garotinho anunciou na noite desta quinta-feira (13) o Plano Municipal de Ensino Híbrido Seguro, uma proposta do município para a retomada gradativa das atividades presenciais nas redes pública e particular. Para isso será divulgado na próxima semana um cronograma de vacinação para os primeiros profissionais das 40 unidades de ensino que serão imunizados. A previsão é que, a cada semana, 27 profissionais de cada unidade sejam vacinados, totalizando cerca de dois mil por semana e que todos estejam vacinados até o final do mês de junho. A partir da imunização dos profissionais caberá aos pais a decisão de enviar as crianças para a escola ou continuar com as aulas on-line. Desde março do ano passado, as aulas presenciais foram suspensas em virtude da pandemia da Covid-19.

De acordo com o planejamento da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SMECT), as aulas presenciais começarão pela Educação Infantil nas redes particular e pública municipal e pelo Ensino Fundamental na rede pública estadual. “Esta é uma forma de acompanharmos no primeiro momento a oferta nas primeiras 40 escolas públicas e privadas, verificando detalhadamente como está o processo de retomada da aprendizagem. Daí, a importância de termos a oferta de ensino fundamental e educação infantil e que, semanalmente, estará avançando”, disse o secretário, Marcelo Feres, ressaltando que a opção de aderir ao ensino híbrido será dos pais.

As escolas que poderão participar do Plano precisam estar autorizadas pela Vigilância Sanitária, respeitando todos os protocolos de segurança. Essas unidades farão a seleção dos profissionais a serem vacinados por semana. Além de professores, também serão vacinados os profissionais administrativos e de apoio. “Os demais profissionais continuarão atuando no modelo virtual até que todos sejam vacinados. É um processo em que, ao longo de seis semanas, todas as escolas tenham uma parcela dos seus profissionais sejam vacinados até que, ao final, todos estejam imunizados”.

“A previsão é que o início das aulas ocorra no mês de junho, quando boa parte dos profissionais de educação já estará vacinada. No primeiro momento, haverá em cada escola até 20 turmas com modelo híbrido. Nossa proposta é de que, a cada semana, a partir de junho, novas escolas iniciem a oferta com segurança. A cada semana, 25% das doses de vacina do município serão dedicadas aos profissionais de Educação para que possamos avançar nesse processo de ensino híbrido no município”, esclarece o secretário.

Para o secretário, a decisão do município de iniciar as aulas, através de vacinas prévias aos profissionais de Educação, representa uma medida responsável. “É preciso que as escolas estejam preparadas com todos os protocolos de prevenção para que alunos, pais e profissionais se sintam seguros no ambiente escolar. As vantagens são imensas para que a gente possa ter uma retomada com segurança para superar as adversidades que a pandemia trouxe até o momento”.

PAE – No início do ano letivo 2021, foi lançado Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE) com meta para quatro anos. Um portal foi criado e, desde então, os estudantes estão tendo acesso a material de forma digital e impressa. “Desde então, diversas ações têm sido feitas no sentido de preparar as escolas e as equipes e, agora, a condição adequada para que os profissionais além do trabalho não presencial, possam de forma segura, através da vacina, voltarem às atividades presenciais nas escolas.

Subcom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *