Witzel exonera superintendente de Saúde do RJ preso na “Mercadores do Caos”

Governador Wilson Witzel e o secretário de Saúde Edmar Santos

Gustavo Borges da Silva, que foi preso na semana passada na Operação Mercadores do Caos, foi exonerado no início da tarde desta segunda-feira (11) em Diário Oficial Extra pelo governo do Rio do posto de superintendente de logística, suprimentos e patrimônio da Secretaria de Saúde. A exoneração assinada pelo governador Wilson Witzel é retroativa a sexta-feira (8).

Na sexta, o Portal Tribuna NF publicou com exclusividade que Gustavo Borges foi um dos escolhidos para comissão especial que fiscaliza o acerto entre a Secretaria de Saúde do Estado e a responsável pela montagem e gestão dos hospitais de campanha, Instituto de Atenção Básica e Avançada e Saúde – IABAS.

Conforme revelado na matéria, Gustavo também assinou nota técnica liberando o contrato com IABAS.

*Exclusivo: Preso na operação “Mercadores do Caos” foi escolhido para comissão especial e assinou nota técnica dos hospitais de campanha

Mercadores do Caos

A ação apura fraudes na compra de respiradores pelo estado. Os equipamentos foram adquiridos para serem usados por pacientes com coronavírus. Em meio à pandemia, a compra ocorreu sem licitação.

Gustavo chegou a ocupar interinamente o cargo de subsecretário executivo da pasta, sucedendo Gabriell Neves, que foi exonerado no mês passado e também foi preso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *