Vice-Prefeito Frederico Paes recebe Medalha “Construtor do Desenvolvimento Regional”

Numa solenidade que reuniu autoridades e dirigentes do setor produtivo de Campos e Macaé, realizada na noite desta quarta-feira (08) no Teatro Firjan SESI Campos, o vice-Prefeito de Campos Frederico Rangel Paes foi condecorado com o Diploma e Medalha “Construtor do Desenvolvimento Regional”. O prefeito Wladimir Garotinho participou da cerimônia a convite do presidente da Firjan/Norte, Francisco Roberto de Siqueira, anfitrião do evento, para fazer a entrega da Medalha.

Frederico Paes foi condecorado por sua contribuição ao desenvolvimento do município como empresário, gestor na área da Saúde, como vice-prefeito engajado no desenvolvimento humano, econômico e social, e como fomentador da agroindústria de cana de açúcar.

Na mesma solenidade, a Firjan condecorou o empresário Gonçalo Meirelles, empreendedor de Macaé que produz grãos e gado de corte e que tornou o município o maior produtor de soja do Estado do Rio de Janeiro, além de ter construído um museu na cidade.

PREFEITO WLADIMIR CONVIDADO PELA FIRJAN PARA ENTREGAR A PREMIAÇÃO

Ao fazer a entrega da premiação para Frederico Paes, o prefeito Wladimir lembrou que quando convidou Frederico para concorrer como seu vice, Frederico aceitou o desafio e avisou que seria vice-prefeito atuante, assim como à frente da Coagro (Cooperativa Agroindustrial do Estado do Rio de Janeiro), que começou com 10 associados e atualmente conta com 10 mil. “Quando convidei o Frederico para ser meu vice, ele aceitou o desafio e me disse convicto que seria um bom vice-prefeito como gestor e empreendedor à frente da Coagro. Estou feliz e honrado por receber do presidente (da Firjan), Francisco Roberto de Siqueira, essa oportunidade de entregar essa Medalha de elevado significado para Frederico. Antes de ser vice-Prefeito, quando à frente da Asflucan (Associação Fluminense dos Plantadores de Cana) e à frente da Coagro, Frederico já fazia parceria com a Prefeitura cedendo máquinas e bombas das instituições para ajudar na manutenção de canais. Assumimos a Prefeitura e a Secretaria de Agricultura não tinha uma máquina, embora Campos tenha mais de quatro mil quilômetros quadrados, com vocação agrícola”, ponderou o prefeito.

Wladimir enalteceu as virtudes de Frederico como gestor e empreendedor e lembrou das suas contribuições para o desenvolvimento da região, a exemplo da sua gestão hospitalar à frente do Hospital dos Plantadores de Cana, que tornou a maternidade referência regional em alto risco, bem como à frente da Coagro, iniciativa que fomentou o setor sucroalcooleiro com a reabertura da Usina São José e recente parceria para a reabertura da Usina Paraíso .

“Graças ao empreendedorismo e coragem de Frederico e a visão empreendedora da Coagro, a Usina Paraíso de Tocos será reaberta na próxima safra e vai erar 1.500 novos empregos. Temos trabalhado bastante e é bom termos o Frederico como vice atuante, às vezes junto do Secretário de Saúde, Paulo Hirano, graças a sua experiência de gestão no Hospital Plantadores, e às vezes junto do Secretário de Agricultura, Almy Junior. Trabalhamos em parceria para avançarmos no desenvolvimento. Campos tem potencial para o desenvolvimento, e em abril o município gerou 1.400 empregos, e agora em maio, mais 1.300 novos postos de trabalho, e meu pedido é que a iniciativa privada veja o que temos avançado e que nos dê as mãos porque o caminho que devemos trilhar dever ser em parceria”, enfatizou Wladimir.

FREDERICO PAES AGRADECE HONRARIA E CITA NOMES JÁ CONTEMPLADOS PELA FIRJAN

Frederico agradeceu pela honraria de ser condecorado na 19ª edição do Prêmio da Firjan e integrar a galeria de personalidades que contribuíram para com o desenvolvimento regional.
“É uma honra está na casa (Firjan) que é o fórum de apoio e fomento às causas do setor produtivo. Estar no rol dos homenageados como o industrial Evaldo Inojosa, e outros atores do desenvolvimento regional como Rubens Venâncio, Aluisio Cardoso Barbosa, Geraldo Coutinho, Hugo Aquino Filho e outros que receberam essa honraria, me traz felicidade, honra e gratidão”, declarou Frederico.

“Me espelho no exemplo do nosso povo e aprendi sempre superar desafios com trabalho, e defendo que problemas se resolve com diálogo porque o diálogo transforma situações. Desde jovem acredito no valor de nossa gente. Comecei a trabalhar bem jovem e tive minha carteira assinada na Usina Santo Amaro, na Baixada Campista, e sempre enxerguei o potencial do setor. Na década de 90, quando o setor entrou em dificuldades, mesmo assim continuei acreditando, assim como um grupo de fornecedores de cana, quando criamos a Coagro para reabrir uma usina e na próxima safra reabriremos outra. A retomada do setor é uma realidade. Na safra 2022, o setor vai movimentarR$ 400 milhões e é dinheiro que fica na região, gerando emprego e riquezas”, destacou.

Formado como engenheiro agrônomo, Frederico iniciou a vida profissional na Usina Santo Amaro, em Baixa Grande, na Baixada Campista. Foi presidente da Associação Fluminense dos Plantadores de Cana (Asflucan), e, em 2002, liderou a criação da Coagro, cooperativa que nasceu da preocupação com os sucessivos fechamentos de usinas. Hoje com 10 mil produtores associados, a Coagro opera a Usina Sapucaia e se prepara para atuar na Usina Paraíso, num investimento de R$ 50 milhões que vai gerar cerca de 1.500 empregos diretos. Frederico também foi presidente do Sindicato da Indústria Sucroenergética do Estado do Rio (SISERJ) e vice-prefeito de Campos.

DEPOIMENTOS- O presidente da Firjan/Norte, Francisco Roberto de Siqueira, justificou a premiação para Frederico. “Frederico tem visão empresarial e política bastantes aguçadas e são qualidades que o torna líder no setor produtivo. Como vice-prefeito, ele tem estado alinhado com o prefeito, atuando em algumas frentes, como na área da Saúde, dada sua experiência como gestor hospitalar e como presidente da Associação dos Plantadores de Cana e do Siserj (Sindicato da Indústria Sucroenergética do Estado do Rio de Janeiro), e também da Coagro, que vem reestruturando o setor da cana de açúcar que é importante para a economia com a geração de divisas e empregos”, declarou.

O presidente da Asflucan (Associação Fluminense dos Plantadores de Cana), Tito inojosa, enalteceu a contribuição de Frederico para a Saúde regional e também para a economia por conta das ações e alcance da Coagro em vários municípios do Norte Fluminense. “É uma homenagem mais que merecida porque o Frederico tem muito anos de experiência na gestão da Saúde, à frente do Hospital dos Plantadores de Cana, e como vice-prefeito tem atuando também com suas experiências de modelo de gestão na Secretaria de Saúde. Na área agrícola, ele também tem contribuído para retomada do setor sucroalcooleiro graças suas experiências acumuladas na presidência da Asflucan e da Coagro. Ele é fiel representante desse grupo de pessoas que trabalha com seriedade para o desenvolvimento da região”, finalizou Tito Inojosa.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.