Testagem contra a Covid-19 continua em seis UBSs de Campos

A Secretaria de Saúde, por meio da Subsecretaria de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde (Subpav), continua ofertando a testagem contra a Covid-19 em seis Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. Em média, são realizados diariamente 360 testes, entre antígeno, mais conhecido como swab (um cotonete longo e estéril), que é aplicado na região nasal e faríngea, e o teste sorológico.

Com exceção do Centro de Saúde de Guarus, onde o agendamento para a testagem só ocorre por meio do telefone (22) 98175-0355, para evitar aglomeração no local, devido a grande demanda ambulatorial, nas demais unidades—, UBS da Penha, São Sebastião, Morro do Coco, Lagoa de Cima e UBS Patronato São José —, são distribuídas senhas.

Para cada UBS são ofertados, por dia, 35 testes de antígeno e 25 sorológico, totalizando 60. Do total de testes disponibilizados, dez de antígeno e cinco sorológicos são destinados ao Telecovid, cujo agendamento deve ser feito por meio dos telefones (22) 98168-6852, (22) 98179-4848 e (22) 98179-3666. A UBS Patronato São José funciona nas instalações da Fundação Municipal de Infância e Juventude (FMIJ), no bairro da Lapa.

Segundo Laura Assed Estefan Nametala Pìres, que presta apoio institucional para a diretoria da Atenção Básica, os testes são feitos, após triagem, em pacientes com sintomas da doença e também assintomáticos que tiveram contato com pessoas que testaram positivo. O antígeno deve ser feito preferencialmente antes do sétimo dia dos sintomas, enquanto a sorologia entre o sétimo e o décimo quarto dia de sintomas. O resultado sai em 15 minutos.

Laura afirmou que, em caso positivo, é agendada consulta com um médico. Ela disse ainda que, quando há casos positivos, o encarregado das UBSs pergunta se as pessoas desejam passar por um exame mais específico, que visa o sequenciamento das amostras para tentar identificar, de forma precoce, as novas variantes da Covid-19. O sequenciamento é feito pelo Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (NUPEM/UFRJ) de Macaé, que firmou convênio com a Prefeitura.

“As pessoas positivadas que aceitam passar pelo exame para o sequenciamento assinam um termo autorizando a realização do mesmo”, explicou Laura.

O diretor de Atenção Básica, Rodrigo Carneiro, explicou que a medida de descentralização dos postos de atendimento a pacientes com sintomas da Covid-19, que antes ocorria somente no Centro de Controle e Combate ao Coronavírus (CCCC), tem por objetivo conter o contágio da doença.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *