STJ revoga prisão preventiva de Glaidson Acácio no âmbito da operação Kryptos

A 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus para Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como “Faraó dos bitcoins”, em um dos quatro processos respondidos por ele. Os ministros votaram, nesta terça-feira, um pedido feito pela defesa de Glaidson em relação à ação referente à operação Kryptos.

Glaidson foi preso em há dez meses em razão da operação. Em seguida, foi alvo de outras investigações e mandados de prisão, por isso não será solto. Três ministros votaram a favor do habeas corpus e dois, contra.

O ministro relator Jesuíno Rissato, foi contra o habeas corpus.Ele já tinha negado o pedido liminarmente. Em razão, a defesa entrou com um Agravo Regimental que foi julgado nesta terça-feira.

Os ministros revogaram a prisão preventiva de Glaidson e determinaram que ele cumpra medidas cautelares que devem ser impostas pela Justiça Federal.

Foram contra o agravo Rissato e Joel Ilan Paciornik. Foram a favor os ministros João Otávio de Noronha, Reynaldo Soares da Fonseca e Ribeiro Dantas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.