18/06/2024
Campos

Saúde de Campos faz novo chamamento para vacinação contra a meningite

‌A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SUBVS), reforça o chamamento aos pais para que mantenham o calendário vacinal das crianças e adolescentes em dia, principalmente com as vacinas que previnem contra a meningite. Segundo o diretor de Vigilância em Saúde, infectologista Rodrigo Carneiro, o município disponibiliza a vacina meningocócica C para crianças menores de 1 ano e a meningocócica ACWY para meninos e meninas com idade entre 11 e 14 anos.

“Essas vacinas integram o Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde e estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades Pré-Hospitalares (UPH), na Cidade da Criança, na Clínica da Criança e na sede da secretaria de Saúde”, disse o médico. Ele acredita que a desinformação e a propagação de fake news são fatores que ainda causam impacto na adesão da população à imunização.

“A desinformação disseminada nos últimos anos não só no Brasil, mas no mundo, fez com que muitos pais ou responsáveis negligenciassem a importância da vacinação das crianças e adolescentes. Historicamente, o Brasil sempre foi um país com campanhas de vacinação exitosas, conseguindo bater a meta do Ministério da Saúde na imunização de diferentes doenças. Nos últimos cinco anos, a gente vem notando uma queda acentuada na procura pelas vacinas, já que as inverdades acabaram criando pânico na população”, explicou.

Rodrigo disse, ainda, que a pandemia veio para piorar o cenário por causa da dificuldade logística de se conseguir vacinar as crianças. Em Campos, segundo ele, diferentes estratégias foram adotadas para tentar reverter esse quadro. “Além da busca ativa nas creches e escolas por equipes da secretaria de Saúde e secretaria de Educação, através do Programa Saúde na Escola (PSE), estamos, progressivamente, aumentando as salas de vacinação no município, com a reabertura das Unidades Básicas de Saúde. Também fazemos campanhas específicas, os chamados Dia D, em shopping e no Jardim São Benedito, e disponibilizamos a vacinação aos finais de semana”.

Sobre o programa Saúde com Ciência, lançado no último dia 24 pelo Ministério da Saúde para o combate à desinformação sobre as vacinas e, consequentemente, recuperar as altas coberturas vacinais do Brasil diante do cenário de retrocesso, o médico considerou a iniciativa positiva.

“Todas as estratégias educativas são válidas para informar a população e tirar o medo dos pais ou responsáveis em relação às vacinas. Será mais uma estratégia que o município vai aderir para que a gente possa aumentar nossa cobertura vacinal”, acrescentou.

Desde janeiro, Campos contabilizou 33 casos confirmados de meningites. Deste total, 25 casos ocorreram em munícipes, sendo que quatro evoluíram para óbito (pacientes de 3, 19, 26 e 71 anos). Os 08 casos importados são de moradores de outros municípios que foram diagnosticados e tratados em Campos.

Dos casos notificados em outubro, há quatro em investigação e um confirmado. O caso confirmado foi em 16 de outubro, cujo paciente de 13 anos já recebeu alta. O último óbito ocorreu em 9 de agosto e foi do paciente de 3 anos.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *