Obras do Programa Bairro Legal em fase final no Parque Julião Nogueira - Tribuna NF

Obras do Programa Bairro Legal em fase final no Parque Julião Nogueira

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Estão na fase final as obras de infraestrutura e urbanização que dotam o Parque Julião Nogueira de saneamento básico que põe fim às fossas e, consequentemente o mal cheiro e outros transtornos como doenças provocadas por meio dos roedores e insetos. As obras do Programa Bairro Legal, iniciadas na gestão da então Prefeita Rosinha Garotinho, ficaram paralisadas na gestão anterior, mas foram retomadas na atual gestão do Prefeito Wladimir, simultaneamente ao Bairro Esplanada, onde já foram concluídas e mudou o aspecto do bairro.

No Parque Julião Nogueira, após escavação das ruas para a construção das redes de coleta de esgoto sanitário, da construção das galerias de águas pluviais (águas das chuvas) e da construção de base das vias, e da construção de calçadas, agora está na fase final a pavimentação das ruas, algumas com a pavimentação em paralelos intertravados, que atendem o conceito ecológico, e outras de maior tráfego de veículos, pavimentadas com a camada CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) que tem maior durabilidade, por ser mais resistente às intempéries, conforme explica o Secretário de Obras e Infraestrutura, Fábio Ribeiro.

“As obras do Programa Bairro Legal, como toda obra, causa algum transtorno para os moradores, mas isso é compensado com os benefícios. As obras desse programa preza pela qualidade para que possa durar o maior tempo possível sem a necessidade de manutenção. Não só optamos pelo asfalto à quente que é o CBUQ, como também pelo concreto usinado na construção das sarjetas e das calçadas. Também os materiais que ficam debaixo da terra, que ninguém vê, projetamos a utilização de tubos corrugados e manilhas de concreto especial de qualidade na construção das galerias. São obras relativamente caras mas que mudam a realidade dos bairros, com novo aspecto e com mais qualidade de vida porque acaba com a poeira, com a lama e águas acumuladas que causavam tantos transtornos”, ressalta Fábio Ribeiro.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *