Referenciados do CRAS Jardim Carioca recebem Cartão Goitacá

Mais 213 famílias foram contempladas na manhã desta quinta-feira (2) com o Cartão Goitacá. O prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, participou da entrega. O evento aconteceu na Vila Olímpica do Jardim Carioca.

O prefeito falou sobre o Cartão e do compromisso feito durante a campanha, além da importância de garantir a segurança alimentar das famílias. “Muita gratidão por acreditarem na gente. Quando o benefício é feito de forma técnica, podemos fazer com tranquilidade. Só entende da fome quem passa por ela, ou tem sensibilidade. Hoje a prefeitura voltou a ajudar as pessoas e remontar a rede de proteção social, que foi desmontada no passado. Quem precisa, sabe a diferença que o programa vai fazer na vida de vocês”.

A coordenadora do CRAS Jardim Carioca, Ana Claudia Cordeiro, comentou que a entrega é a consolidação de um trabalho planejado e técnico. “Gostaria de agradecer à equipe, pois hoje estamos garantindo o trabalho da política de Assistência Social que garante direitos. Estou muito feliz por este momento”, disse.

– Moro sozinha e gasto muito com remédio. Já vou para o supermercado fazer minhas comprinhas – disse Geórgina Melila, moradora do Jardim Carioca, 64 anos.

Impossibilitada de trabalhar, a dona de casa, Alessandra Maria dos Santos, 45, mãe de dois filhos e referenciada no CRAS do Jardim Carioca, reforçou a importância do cartão.

“Eu sempre tive ajuda dos meus amigos e famílias. As vezes vinha ao CRAS e recebia a cesta básica, mas agora posso ficar tranquila, porque terei esse dinheiro para compra todo mês. Nem imagina que o cartão chegaria nas minhas mãos”.

– Obrigado ao prefeito por garantir comida na minha mesa. Enquanto não consigo um emprego, o cartão é a garantia que não vou passar fome – afirma Hélica Monteiro Pereira, 48 anos, moradora da Usina de São João.

CONDICIONALIDADE

O Cartão Goitacá foi lançado na noite de terça-feira (31). Serão priorizadas famílias numerosas, que tenham em sua composição idosos e pessoas com deficiência sem fonte de renda e sustento; pessoas e famílias vítimas de calamidades e emergências; mulheres chefes de família e seus filhos, mulheres em situação de violência e jovens egressos dos acolhimentos institucionais.

E, ainda, é preciso estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais – CadÚnico; ter renda mensal per capita na faixa da extrema pobreza; ser morador (a) do município de Campos há no mínimo 3 anos e, preferencialmente, não estar inserido em outros programas de transferência de renda.de renda.

Confira a lista de beneficiados Cartão Goitacá (AQUI).

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.