14/06/2024
Campos

Procon Campos orienta fornecedores a não caírem no golpe do PIX

O Procon Campos, por meio da sua rede social @campos.procon, criou uma cartilha com orientações para os fornecedores não caírem no golpe do PIX. A finalidade é explicar como este golpe funciona e orientar nas três maneiras de fugir deste golpe. O órgão vem recebendo várias denúncias de lojas que foram lesadas com transações falsas.

De acordo com o Procon, este golpe funciona quando a pessoa envia um comprovante falso de PIX criado por edição de comprovante falso pelo Photoshop e por aplicativo ilegal que gera o comprovante fake.

E há três maneiras de fugir deste golpe. A primeira é verificar se o dinheiro caiu na conta antes de entregar o produto. “Ao receber a transferência de PIX, ela leva em média de 10 segundos para cair na conta. Não caia na desculpa de que o banco está demorando para enviar”.

A segunda é não confiar apenas no comprovante. “Recentemente, uma pizzaria em Teresina-PI recebeu um pedido que foi “pago” via PIX. No entanto, os supostos clientes que fizeram o pagamento realizaram um PIX no valor de R$ 0,01, fizeram uma edição do comprovante e colocaram o valor falso de R$ 55,00”.

Já a terceira é quanto a transferência agendada. “Mesmo que o comprovante não esteja falsificado, ele pode estar com o pagamento agendado. Neste caso, não concluir a venda, pois a pessoa pode cancelar o agendamento”.

Os fornecedores podem continuar fazendo as reclamações e tirando dúvidas com o Procon Campos, por meio do telefone (22) 981752561, lembrando que este público não atender a este público alvo e que todos os casos envolvendo golpes devem ser encaminhados diretamente para a Justiça Comum.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *