Presidente do Siprosep volta a perturbar família e vizinhos do prefeito Wladimir Garotinho

Elaine Leão mostra evidências de estar “perdendo o rumo” na luta por melhorias para os servidores que diz representar.

Menos de 15 dias após perturbar a família e vizinhos do prefeito Wladimir Garotinho, a presidente do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos de Campos (Siprosep), Elaine Leão, repetiu a dose. Nesta sexta-feira (3), ela voltou à frente da residência do chefe do Executivo, dando mostras de que “perdeu o rumo” na condução das lutas pelos servidores.

E a balbúrdia não para por aí. Com tempo sobrando e gastando o dinheiro dos servidores com manifestações, a presidente do sindicato planeja acampar segunda-feira na porta do prédio onde reside o prefeito.

A líder sindical dá clara demonstração de não estar sabendo conduzir o sindicato como entidade de classe. Como tal, deveria concentrar suas ações no plano institucional, procurando se entender com a Prefeitura. É preciso saber separar o Wladimir prefeito do Wladimir cidadão.

Dias atrás, o próprio prefeito, em entrevista, afirmou ser necessário que a presidente do Siprosep “saiba respeitar sua família, seus vizinhos e seus momentos de privacidade”, criticando a forma como ela conduziu um grupo de manifestantes para frente de sua residência, no último dia 23, promovendo um grande tumulto e interrompendo o trânsito de pedestres e veículos.

Aberto ao diálogo – Desde o início de sua administração, o prefeito Wladimir Garotinho tem se mostrado totalmente aberto ao diálogo, mas sempre deixando claro o seu compromisso com a legalidade. Por isso, nos diálogos com os servidores, tem mostrado a necessidade de respeitar os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita o percentual de gastos com o pagamento de salários com servidores.

O prefeito tem esclarecido que sua administração tem feito o máximo para aumentar a receita própria do município, de forma a garantir, de forma sustentável no médio e longo prazo, o pagamento do reajuste que vem sendo pleiteado.

Para aumentar a arrecadação própria, vem tomando uma série de medidas, como o investimento em obras públicas diversas, atração de novas empresas e fomento ao empreendedorismo, que movimenta, em especial, o setor de serviços, responsável por mais de 60% da composição do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. As medidas estão sendo tomadas e os resultados irão gradativamente aparecer.

Enquanto isso, o governo vem criando formas de compensar o servidor, como o abono especial de R$ 2 mil concedido no início deste ano. E também, outras medidas em andamento e em estudos para levar um pouco mais de conforto e comodidade aos servidores, que terão sempre o maior respeito e consideração da administração Wladimir Garotinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.