Prefeitura de Campos, Alerj e Uenf celebram restauração nos 21 anos do Arquivo Público

Em comemoração aos 21 anos do Arquivo Público Municipal Waldir Pinto de Carvalho, instalado no Solar do Colégio, na Baixada Campista, nesta quinta-feira (19), uma grade de eventos vai marcar a data. No entanto, o acontecimento de maior destaque e mais esperado, será a assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Campos e a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), às 19h, no Palácio da Cultura, para o lançamento do projeto de reforma e restauração do prédio histórico. A reforma completa, no valor de R$ 20 milhões, tem recurso do Fundo Especial da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A assinatura do termo terá a presença do prefeito Wladimir Garotinho; do presidente da Alerj, André Ceciliano, e do reitor da Uenf, Raul Palácio – instituição que executará o projeto de reforma.

O projeto de lei para a restauração, de coautoria do deputado estadual Bruno Dauaire, foi aprovado por unanimidade na Alerj, em dezembro do ano passado, ressaltando a importância da revitalização do equipamento histórico e cultural de Campos.

“Com certeza é uma conquista histórica para toda a região. Um acervo que precisa ser digitalizado, é um prédio que precisa de reforma e graças ao empenho e sensibilidade do presidente da Alerj, junto com os demais deputados, conseguimos destinar recursos para a recuperação deste instrumento cultural, com o apoio da Assembleia Legislativa. Parabenizo também o prefeito Wladimir, que foi incansável na busca por essa verba”, disse o deputado Bruno Dauaire.

O prefeito Wladimir Garotinho publicou um vídeo em suas redes sociais para dar a notícia e comemorou a conquista para a cidade. “É um ganho extraordinário, maravilhoso, para a cultura e também para a valorização do patrimônio histórico da nossa cidade”.

Em janeiro deste ano, a Alerj repassou o recurso no valor de R$ 20 milhões à Uenf, que será responsável pela execução do projeto de reforma e restauração do prédio que abriga o Arquivo Público Municipal, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Palácio da Cultura – Ainda na programação pelos 21 anos do Arquivo Público, às 18, será ministrada palestra da professora Cláudia Atallah (UFF/Uerj), com o tema “Demarcação dos territórios de poder no pós independência: a criação da comarca de Campos dos Goytacazes e o acervo do Arquivo Público Municipal Waldir Pinto de Carvalho”. Já às 20h, haverá recital “Scherzo Quartet”, aberto ao público.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.