Prefeitura de Campos age rápido para impedir interrupção do transporte de passageiros - Tribuna NF

Prefeitura de Campos age rápido para impedir interrupção do transporte de passageiros

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Prefeito Wladimir decreta requisição administrativa e substitui ônibus queimados da empresa São Salvador por coletivos da Turisguá, que começam a circular a partir de segunda-feira

Em função do incêndio que atingiu a garagem da Viação São Salvador neste sábado (9) e destruiu a maior parte da frota da empresa, para garantir que não haja interrupção no serviço do transporte público municipal de passageiros em Campos, o prefeito Wladimir Garotinho, por meio do Decreto 365, publicou nesta tarde, no Diário Oficial, requisição administrativa para a utilização emergencial de ônibus da Turisguá, que substituirão os veículos queimados no cumprimento de itinerários e horários para o atendimento à população.

Equipes do IMTT, Guarda Municipal, Posturas e CCZ, com o apoio da Polícia Militar, foram até a garagem da Turisguá e transferiram os veículos para a garagem da São Salvador, de forma que possam receber a manutenção preventiva para prestar o serviço já a partir desta segunda-feira (11).

“Nós cumprimos o decreto do prefeito, que agiu rapidamente para não deixar a população desassistida. Nós transferimos para a garagem da São Salvador 25 ônibus da Turisguá, que vão passar por manutenção e reparos, como retífica, lanternagem, verificação do motor, para já começarem a circular a partir desta segunda-feira (11). Na segunda, 10 ônibus vão entrar em operação e os outros vão sendo inseridos à medida em que estiverem em boas condições para rodar”, destacou o presidente do IMTT, Nelson Godá.

“A Requisição Administrativa decretada pelo prefeito é uma ferramenta do Direito Administrativo que autoriza o poder público a requisitar bens e serviços particulares em uma situação emergencial, como a configurada no transporte público de Campos, após o incêndio que destruiu a frota da São Salvador”, explicou o procurador-geral do Município, Roberto Landes.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *