PF do Rio realiza operação para investigar suspeita de fraudes no Inca e no Hospital dos Servidores

A Polícia Federal (PF) iniciou, nesta quinta-feira (11), a Operação Ossobuco, contra supostas fraudes em licitações de hospitais federais no Rio. Agentes saíram para cumprir sete mandados de busca e apreensão na Zona Oeste.

Segundo as investigações, houve indícios de direcionamento e superfaturamento em contratos de fornecimento de materiais de neurocirurgia e ortopedia para o Hospital Federal dos Servidores e para o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

As empresas suspeitas movimentaram mais de R$ 100 milhões, inclusive por meio de sucessivos e milionários saques em espécie.

A Operação Ossobuco investiga a prática dos crimes de organização criminosa e peculato.

Os recursos públicos federais sob suspeitas de irregularidades somam mais de R$ 3,5 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *