Pesquisa no RJ avalia incidência do novo coronavírus e imunidade da população

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro realiza, em parceria com Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), uma pesquisa para avaliar a imunidade da população do estado contra o coronavírus e a evolução da epidemia no estado.

O levantamento foi iniciado no dia 28 de junho e vai até o dia 12 de setembro. A previsão é testar 2 mil pessoas em 25 unidades de saúde em todas as regiões do RJ.

Para avaliar tanto a situação atual quanto o histórico de infectados, estão sendo realizados exames PCR, testes sorológicos por coleta de sangue e testes rápidos

A proposta da pesquisa é comparar a incidência da Covid-19 com fatores demográficos e socioeconômicos. Pela SES, participam do estudo a Subsecretaria de Vigilância em Saúde e o Laboratório Central Noel Nutels. As amostras serão colhidas quinzenalmente, ao longo de três meses, podendo a pesquisa ser estendida até seis meses.

A amostragem do estudo está sendo feita com pessoas que espontaneamente buscam atendimento na unidades de saúde, e selecionadas independentemente de serem suspeitas de contaminação por coronavírus.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Alex Bousquet, o estudo favorecerá uma melhor compreensão da dimensão da Covid-19 em diferentes regiões.

“A implementação desses pontos de testagem torna possível traçarmos um perfil das pessoas que já se contaminaram com o coronavírus. Muitas, possivelmente, são assintomáticas. Essa análise epidemiológica mais clara, ao longo de doze semanas, contribui para adoção de medidas de saúde pública, como prevenção da doença, isolamento social e flexibilização de acordo com cada fase”, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *